Câmara cria Comissão para discutir possível privatização do Banrisul

Os vereadores Tavinho Gazen (PDT), Elcio Teixeira (PMDB), Paulo Nunes (PSB), Lauro Ouriques (PPS) e Maria Silveira (PP), reuniram-se, na manhã de segunda-feira (07), para formar a Comissão Provisória para tratar da possível Privatização do Banrisul e sobre a possibilidade do fechamento da agência do Banco do Brasil de São Sepé. A proposta foi feita através de Indicação do vereador Tavinho, na sessão do dia 1º de agosto.

O encontro contou com um representante de cada bancada, que elegeram como presidente o proponente da Comissão, como vice-presidente, a vereadora Maria e como relator, o vereador Paulo Nunes. A primeira ação da Comissão foi a convocação dos gerentes das agências bancárias locais para a discussão do tema. Ainda não há data marcada para a reunião.

A pauta foi levantada quando o governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto de lei prevendo a realização de um plebiscito sobre uma possível privatização das estatais gaúchas Sulgás, Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE). O PL acabou não entrando em pauta e não deverá ser apreciado em plenário na AL neste ano.

Os vereadores são contra a inclusão do banco gaúcho na lista de estatais a serem privatizadas. Eles temem ainda o fechamento da agência do Banco do Brasil, já que em janeiro deste ano, houve uma reestruturação do banco, que fechou agências em 16 municípios do Rio Grande do Sul.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.